Arapuã • Gol Copa • Um frango na cadência do samba.

junho 14th, 2018

O ano era 1982. Ano de Copa do Mundo na Espanha.

O Brasil tinha um timaço e ia estrear no torneio em Sevilha contra a antiga URSS.

A Volkswagen lançava o Gol Copa e as Lojas Arapuã, como revendedora, tinha um plano de mídia digno do acontecimento.

A agência de propaganda Proeme bolou o roteiro de um filme em que o Waldir Peres – goleiro da seleção canarinho, reserva nas Copas do Mundo de 1974 e 1978 e agora titular – com sua autoridade de guardião afirmava algo assim:

– Nessa Copa, o único gol que vai entra aqui vai ser êsse!  E um Gol Copa entrava gloriosamente na meta brasileira.

Fui chamado, no dia  primeiro de abril (hum), para fazer a trilha do filme e o briefing, como era de se esperar era o antológico Que bonito é, de Luiz Bandeira

Que bonito é

Ver um samba no terreiro

Assistir a um batuqueiro

Numa roda improvisar…

que na verdade se chama Na Cadência do Samba. Tinha que compor algo instrumental, no estilo,  sem ser parecido.

Passei uns dias compondo, decompondo, escrevendo a partitura, fazendo as cópias para os músicos, enfim,  daquilo que seria, pelo menos eu achava, meu golaço publicitário.

No dia do jogo, 14 de junho, sentei no sofá, liguei a TV  como todo brasileiro que se preza, na companhia de amigos, cerveja gelada e acompanhamentos, para assistir a peleja. Em clima de pré jogo, o filme e meu samba rolaram bonito logo no início da tramsmissão, putz, vai ser um sucesso! Brasil!

Acontece que meu coração ficou frio:  aos 33 do 1º tempo um tal de Bal, mal ajambrado, chuta de longe e num lance de infelicidade, Waldir Peres, um dos maiores goleiros que eu vi jogar, engoliu aquilo que no futebol se chama de frango ou perú, que pena! Meu sambagoldeplaca ficou reduzido a uma mísera execução. Tiraram imediatamente do ar apesar do placar final de 2 x 1 a favor do  Brasil. A seleção passou bem pela primeira fase e na segunda batemos a Argetina, al borde de un ataque de nervios, y después não quero nem lembrar. Deu em pizza.

Mas o samba tá aí, voando, de novo no ar.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Voa, canarinho, voa… mostra na Espanha o que eu já sei…

Voa, canarinho, voa… mostra pra esse povo que és um rei…

Copie o endereço e assista:

 

Agência: Proeme

Produtora do filme: Espiral

Músicos: Azevedo (Trumpete), Bill e Pantera (trombones), Hector Costita (sax alto), Isadoro “Bolão” Longano (sax tenor), Carlos Alberto (sax barítono), Chiquinho Rodrigues (violão e percussão), Nãolembro Dequem (contrabaixo e bateria)

Técnico: Mazzuca

Gravação: Estúdio Bandeirantes em 5 de abril de 1982

P.S.: O trumpetista (Azevedo) chegou na gravação, devia ser umas dez da manhã, exausto e com os lábios estourados de tocar à noite toda no Som de Cristal, a mais conhecida gafieira de São Paulo que ficava na rua Bento Freitas, hoje não existe mais:

– Maestro, eu não vou conseguir tocar tão agudo não, olha só!

Os lábios estavam muito inchados e parecia que ele saiu duma luta de box. E  agora onde eu acho um trumpetista? Abaixar o tom agora, depois de toda borracha que eu gastei?

Os músicos esperando para gravar e eu sem o solista…

Aí o Chiquinho Rodrigues, que além de músico fixo do estúdio tambem fazia freelance de anjo da guarda, trouxe a solução:

– Vamos gravar o pessoal sem o trumpete , depois, baixamos a rotação da máquina, o Azevedo grava num tom mais confortável, e quando voltarmos ao original vai ficar beleza!

O Azevedo tocou relax, eu gostei a agência aprovou, e o resultado, apesar dos pesares, taí, voando no espaço.

Valeu Chiquinho!

 

 

Dr. Sócrates e eu.

junho 12th, 2018

Passados trinta e seis anos atrás, consigo uma cópia do filme da Topper rodado na véspera da Copa do Mundo de 1982, poucos dias antes de embarcar da seleção canarinho voar para a Espanha. O comercial criado, pela agência  Thompson, filmado no estádio do Pacaembú, produzido pela da TVC e dirigido por Dorian Taterka, tratava de um provável embate entre a seleção brasileira e a  alemã, estrelado pelo dr. Sócrates, com a participação de Serginho Chulapa, Paulo Isidoro e outros que infelizmente não aparecem nesta edição do filme.

Lembro que chovia, chuva de filme: bola rolando solta, eu capitão da seleção germânica, um defensor viril porem desleal, com cara de mau, evito a infiltração socrática, mandando-lhe um chucrute, aliás, instruído pelo próprio Sócrates, de como sarrafa -lo sem excluí-lo da Copa.

Prrrriiiiiii… penalty!

Revoltado, reclamei acintosamente de sua senhoria o árbitro e fui, corretamente, mandado para o chuveiro.

Doutor cobrou e… gol do Brasil!

Durante os papos – copa e copos – que rolaram durante as filmagens, jamais poderíamos imaginar a quantidade de água que em 2014 eles iriam despejar no nosso chopes, justamente aqui, no país do futebol… nem o sabor da pizza que os italianos estavam cozinhando para saborearmos em Sarriá.

Nada como o tempo para passar dizia Vinicius de Moraes…

Voa canarinho, voa…

O tempo é agora.

Como sempre, vou torcer pra seleção trazer o caneco cheio de vodka pra dar um alívio na desesperança do astral brasileiro:

-Pra frente Brasil!

Topper 30

http://www.edgardpocas.com.br/wp-content/uploads/2018/06/Topper-30.mov

Dia dos Namorados

junho 12th, 2018

Essa letra nasceu da lembrança de uma menina de olhos verdes e da esperança que me inspirava.

Se enamorem.

Com a Turma do balão Mágico:

Com Tiê:

Com 4Joy:

Com Roberta Tiepo:

 

 

Dia Mundial do Meio Ambiente • Dia da Ecologia

junho 5th, 2018

Amigos, hoje é 5 de junho, dia da ccologia, o dia mundial do meio ambiente.

Meio ambiente: O conjunto de condições naturais e de influências que atuam sobre os organismos vivos e os seres humanos.

Ecologia: Parte da biologia que estuda as relações entre os seres vivos e o meio ambiente em que vivem, bem como as suas recíprocas influências.

Então é isso!

 

Amigo Planeta (Pequeño Planeta)

R. Girón/G. Gomez/ Letra: Edgard Poças

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Voz: A Turma do Balão Mágico

 

Amigo Planeta

eu não sei porque

tem tanta gente que não cuida de você

mas agora nós iremos te salvar

as crianças nunca vão te abandonar

 

Amigo Planeta

volte a sorrir

sua beleza ninguém pode poluir

as estrelas e as noites de luar

as florestas e o verde azul do mar

 

Vamos enfeitar nossas cidades

e acabar com as maldades

que se fazem com a natureza

vamos com a força da amizade

te levar felicidade

e derrotar toda a malvadeza

 

Vem viajar

vem viver

vem brincar  comigo

vem

vem brincar

de viver

eu sou teu amigo

Oi, Mundo!

Paul Mounsey e Edgard Poças

Voz: Jairzinho e Simony

Participação de Gal Costa

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 

Oi ! Tudo bem?

Ando vendo na TV

Tudo bom!

E nas revistas, os maiores astrais

Todo mundo na maior

Trilegal!

É importante ser feliz

Tudo bem?

Tudo bom!

 

Tudo bom?

Bem esperto, bem ligado no som

Um rock, toque de canções geniais

Natureza, cordiais saudações!

Tua beleza, como vai?

Tudo bem? Tudo bom?

 

Areias, praias

Céu e mar

Os rios

Matas

Matarás?

 

Mal lhe pergunte, como vai?

Tudo bom?

Tudo bem?

Debaixo do véu da paz

 

Oi!

Como vai?

E vovô, vovó?

Mamãe e papai?

Oi,  mundo!

Oi,  mundo!

Então, diga lá:

A pressão é impressão que se tem?

Tô perguntando pra você?

Como vai? Tudo bem?

Planeta Careta (Pequeño Planeta)

J. Urrutia/F. Presas/ E. Rodriguez/ E. M. Hirschfeld/ Letra: Edgard Poças

Voz: Dominó

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 

Um maluco

Um desorientado

Pelo espaço girando

Dançando abandonado

 

O sangue da natureza

O cinza pelo céu

E aquela sua beleza que foi pro beleléu

Que foi pro beleléu

 

Um planeta de rosto amargurado

Lanterna do futuro

Campeão do passado

E o sangue da natureza

Jorrando sem parar

Quem paga essa despesa?

Quem é que vai pagar?

Quem é que vai pagar?

 

Planeta careta, você se acaba mal!

Sujando todo o azul do espaço sideral

Que legal! Que legal!

 

As florestas, as matas matarás

E as praias desertas

O mar será o cais ?

 

E o sangue da natureza, jorrando sem parar?

Quem paga essa despesa?

Quem é que vai pagar?

Quem é que vai pagar ?

 

Planeta careta, você se acaba mal!

Sujando todo o azul do espaço sideral

Que legal! Que legal!

Minha Terra

Nelson Ayres e Edgard Poças

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Voz: Paula Poças e Edgard Poças

Para os seres despertos, há somente um mundo comum.

Heráclito

Dá licenca dá licença aí

É a vez da minha terra

De cantar os seu encantos

E as riquezas que ela tem

Minha terra é tão bonita

Que dá gosto a gente ver

E não há lugar no mundo

Tão bom de se viver

 

Nosso céu tem mais estrelas

Nossos bosques tem mais flores

Nossa vida mais amores

E aqui eu sou feliz

 

Minha Terra é um barquinho

Navegando no infinito

Minha Terra meu planeta azul

Você é meu país.

Não Vem Não

Los Brincos – Letra: Edgard Poças

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Voz: Dominó

Se vocês pensam em atacar

A natureza em qualquer lugar

Tenho certeza não vou deixar

 

Pode crer

É

Não vem, não

Se vocês acham que vão roubar

Verde das matas

Do nosso olhar

Nem vem que nós não vamos deixar

Pode parar

É, não vem, não

 

Se vocês querem aniquilar

Toda alegria que tem no ar

Toda poesia que tem no mar

Pode parar

 

É, não vem, não

 

Guardem seus planos de acinzentar

Todas as nuvens

E liquidar pássaros

Peixes

Não vou deixar

Pode parar

Não vem, não

Hervé Cordovil.

junho 4th, 2018

Hervé

saudade de você

no piano

de pijama

tocando Garôto 

Lalá

lá lá

Menina oxigenée

 

Cabeça inchada

Triste cuíca

Uma loira

Pé de manacá

 

 Esta noite serenou

Sabiá na gaiola

A vida do viajante

O que é que você fazia?

Noël sabia.

Não resta a menor dúvida.

 

Hervé Cordovil (3/2/1914 -16/7/1979).

 

 

Johnny Alf. Genialf.

junho 4th, 2018

Nasci em quatro de março, mesmo dia, em que morreu Alfredo José da Silva, querido Johnny Alf.

2010

o inesperado fez uma surpresa

espelhou o céu

estrelou na areia;

São Pedro orgulhoso

abriu as portas do céu

e abraçou comovido

seu convidado

genialf.

A estrêla d’Alva no céu desponta

e a lua anda tonta com tamanho esplendor.

Noël Rosa – Braguinha

 

Céu e mar, estrelas na areia
Verde mar, espelho do céu
Meus desejos são estrelas pequeninhas
Rebrilhando de alegria por alguém que me quer bem

Geralmente o que a gente quer na vida
É preciso esperar pra acontecer
Felizmente a gente encontra alegria
No carinho e devoção de um bem querer

Céu e mar, estrelas na areia
Verde mar, espelho do céu
Minha vida, vou passando
Meu amor, eu vou amando
E meu barco vou levando a céu e mar.

 

 

 

Dia Nacional do Café.

maio 24th, 2018

24 de Maio • Dia Nacional do Café

 

Projeto ” Para fazer um Bom Café”

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Dia Internacional do Abraço.

maio 22nd, 2018

Hoje é o Dia Internacional do Abraço.

Visite:

http://www.edgardpocas.com.br/category/jingles-trilhas-campanhas-fotos-filmes-historias/jingles/mc-donalds-%e2%80%a2-abracos/

 

A Turma do Balão Mágico #1

abril 22nd, 2018

.

Texto de Ronaldo Bôscoli na contracapa do LP.

 

A Galinha Magricela (G.Monreal – Edgard Poças)

Baile Dos Passarinhos (W. Thomas – T. Randall – Edgard Poças)

O Pato Cantor (Emilio Aragón – Edgard Poças)

Charleston (Emilio Aragón – Edgard Poças)

A Canção Dos Felisbertos (Pierre Kartner – Edgard Poças)

Co-co-uáááááá! (I.Bartoli – Edgard  Poças)

Dança Sim (N. Pieretti – B. Peregrini – Edgard Poças)

O Trenzinho (A. Gorassini – A. Baroncini – Edgard Poças)

 Cowboy do Amor

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Tem gato na tuba

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

P.R.Você

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Upa – Upa

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 

Músicas e Letras de Edgard Poças

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A Galinha Magricela

 

Eu conheço uma galinha

A galinha da vizinha

Avezinha magricela e depenada

 

Quem tem pena da galinha

Avezinha depenada

A galinha magricela da vizinha

 

Bota ovos pela sala

No banheiro, na cozinha

Ela bota, bota, bota sem parar

 

A galinha magricela

Bota ovos sem parar

A galinha magricela

É magrela de botar

 

A galinha magricela

E bota um, e bota dois, e bota três

A galinha magricela, vira cambota

E bota quatro de uma vez

 

A galinha magricela

E bota dez, e bota cem, e bota mil

A galinha magricela, bota ovo

Bota banca de mais bela do Brasil

 

Clique para ampliar

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 Baile dos Passarinhos

 

Passarinho quer dançar

O rabicho balançar

Porque acaba de nascer

Tchu tchu tchu tchu

 

Passarinho quer dançar

Quer ter canto pra cantar

A alegria de viver

Tchu tchu tchu tchu

 

Seu biquinho quer abrir

As asinhas sacudir

E o rabicho remexer

Tchu tchu tchu tchu

 

Joelhinho vai dobrar

Dois saltinhos só pra ver

Vamos voar

 

É dia de festa

Dança sem parar

E depois voar no azul

Cruzar de norte a sul

O céu e o mar…

 

Passarinho quer dançar

O rabicho balançar

Porque acaba de nascer

Tchu tchu tchu tchu

 

No seu ninho dançará

Passarinho passará

A alegria de viver

Tchu tchu tchu tchu

 

Seu biquinho quer abrir

As asinhas sacudir

E o rabicho remexer

Tchu tchu tchu tchu

 

Joelhinho vai dobrar

Dois saltinhos só pra ver

Vamos voar

 

É dia de festa

Dança sem parar

E depois voar no azul

Cruzar de norte a sul

O céu e o mar…

Clique para ampliar

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O Pato Cantor

 

Pato Zico

O mais popular

Pato Zico

O pato cantor

Abre o bico e põe pra cantar

A canção do quá quá

 

As patinhas morrem de amor

Pelo pato cantor

E a patota, que curtição

Rádio e televisão

 

Preste agora muita atenção

Diga lá, por favor

Quantas patas, eis a questão

Tem o pato cantor

Clique para ampliar

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Charleston

 

Mamãe

Os meus sapatinhos

Como estão velhinhos

De tanto dançar

Esta dança que balança

E qualquer criança

Dança sem cansar

 

Charleston

Charleston

Só quem dança sabe o que é bom

 

Mamãe

Os meus sapatinhos

Eram tão novinhos

Foi o Charleston

 

Lá na praia

Lá na escola

Lá em casa na vitrola

Todo mundo ao som do Charleston

 

Eu já sei todos os passos

Mexo as pernas mãos e braços

Mas estou sentindo um frio nos pés

Mamãe

Clique para ampliar

Dança de sapateado do grupo juvenil da Academia Desafio.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A Canção dos Felisbertos

 

De onde é que vocês vêm

Do país de Felisbem

Onde fica esse lugar

É muito fácil de encontrar

É bonito esse país

Felisbem é bem feliz

Vocês gostam de cantar

De cantar e de tocar

Então, toca Felisberto

 

Canta um pouquinho

Lá, lá, lá, lá

E a segunda voz

Lá, lá, lá, lá

Todo mundo

Lá, lá, lá, lá

Vocês cantam muito bem

Você vai cantar também

Eu não sei essa canção

Nós ensinamos: atenção

Se eu cantar tudinho certo

Você vira um Felisberto

E se eu não conseguir

Nós podemos repetir

Então vamos lá

Lá, lá, lá, lá

 

Encontrei o seu país

O seu rosto está feliz

Felisbem é uma canção

Para alegrar o coração

Eu virei um Felisberto

Felisberto é muito esperto

Então, vamos cantar mais

E também quem for capaz

Todo mundo

Lá, lá, lá, lá

Clique para ampliar

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Co-co-uáááááá!

 

Vou contar a história do galinheiro da minha vó

Lá, todas galinhas, juntinhas, cantam có-ró-có-có

Todas menos uma que é tão sózinha, que até dá dó

Vive só chorando, no seu canto

Sempre só

 

Quando era pequena engoliu chiclete

E bota o mesmo ovo sem parar

O galo lhe chama de Ioiô Repete

Por isso é que ela chora sem parar

 

Có-có-uááááá! Có-có-uááááá! Có-có-có-có-uááááá!

Có-có-uááááá! Có-có-uááááá! Có-có-có-có-uááááá!

 

Eu não aguento mais! Berra a minha vó

Por que essa galinha não faz mais có-ró-có-có

 

Só pra chatear Ioiô repete sem parar

Có-có-uááááá! Có-có-uááááá!

Có – có – có-có……………uááááááááá!

 

E quando as galinhas, suas amiguinhas

Vêem lhe ajudar, a botar seu ovo

Cantar de novo e cacarejar

Grita o papagaio, que é bom de bico, e sabe imitar

 

Có-có-uááááá! Có-có-uááááá!

Có – có – có-có……………uááááááááá!

Clique para ampliar

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Dança Sim

 

Dança sim

Eu to contigo

Dança sim

Sou teu amigo

 

Pinta de vermelho

Teu nariz

Olha lá no espelho

E sorri feliz

 

Dança sim

Eu to contigo

Dança sim

Sou teu amigo

 

Pinta um bigode com carvão

Pega o travesseiro

Faz um barrigão

 

Pinta

Pega na tinta

Faz uma pinta

Troca o pé de sapato

E anda pra trás

 

Cata estrelas no céu

Junta e faz um colar

E coça a orelha com o polegar

 

Dança sim

 

Uma bela barba de algodão

E uma bengalinha pra rodar na mão

 

Dança sim

 

E depois coloca num cartaz

Bom é ser criança

Dança dança mais

Clique para ampliar

 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 O Trenzinho

 

Se você quer dormir feliz e sonhar

É só fechar os olhos e imaginar

Que o coração é uma estação

Pra embarcar, no trem azul dos sonhos, que vão chegar

 

Ei! Ouve ele apitar

Chin chin pom pom

Chin chin pom pom

Pelo caminho…

 

O trem já vai chegar

Chin chin pom pom

Chin chin pom pom

Carregadinho

 

Ei! Dá pra me arrumar

Chin chin pom pom

Chin chin pom pom

Um lugarzinho

 

Também quero embarcar

Chin chin pom pom

Chin chin pom pom

Num bom soninho

 

De manhãzinha quando o dia acordar

Voce contente, um bom sorriso pra dar

Seu coração é uma estação

Pra embarcar, no trem azul dos sonhos, que vão chegar

Clique para ampliar

 

 

Clique para ampliar

A Turma do Balão Mágico #2

abril 22nd, 2018

 

.

 

Capa do K7

 

Superfantástico (Ignacio Ballesteros – Difelisatti – Edgard Poças)

Ai Meu Nariz (E.T.Aragon Alvarez – E.A.Bermudez – Edgard Poças)

Ursinho Pimpão (T.Landa – T.Cruz – Edgard Poças)

O Meu Avô (H.Herrero – L.G.Escolar – Edgard Poças)

Juntos (L.G.Escolar – G.Gastaldo – Edgard Poças)

Seu Felipe Dorminhoco (Emilio Aragón – Bermudez – Edgard Poças)

Você e Eu (Ignacio Ballesteros – Dennis Trempenau – Edgard Poças)

Gaguejei (G.O.Montero – J.Oristrell – M.C. Alicart – Edgard Poças)

Músicas e Letras de Edgard Poças

 

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Superfantástico

 

Superfantástico, amigo

Que bom estar contigo no nosso balão

Vamos voar novamente

Cantar alegremente mais uma canção

 

Tantas crianças já sabem, que

Todas elas cabem no nosso balão

Até quem tem mais idade

Mas tem felicidade no seu coração

 

Sou feliz, por isso estou aqui

Também quero viajar nesse balão

 

Superfantástico

No balão mágico

O mundo fica bem mais divertido

 

Sou feliz, por isso estou aqui

Também quero viajar nesse balão

 

Superfantásticamente

As músicas são asas da imaginação

É como a flor e a semente

Cantar que faz a gente viver a emoção

 

Vamos fazer a cidade

Virar felicidade, com a nossa canção

Vamos fazer essa gente voar alegremente

No nosso balão

 

Sou feliz, por isso estou aqui

Também quero viajar nesse balão

Clique para ampliar

Ai, Meu Nariz

 

Eu não sei o que é que eu fiz

Eu só sei que o meu nariz

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Consultei doutor Zenóbio

Que não viu nenhum micróbio

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Também fui no consultório

De um tal doutor Osório

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Nunca vi nariz assim

Isso é com doutor Crispim

Funga-funga

A…, a…, a…, atchim

 

Ai, meu nariz

Ai, meu nariz

Ele parece muito mais um chafariz

 

Encontrei dona Anastácia

No caminho da farmácia

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Ta com cara de alergia

Corre lá na drogaria

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Ta com jeito de ser gripe

Já me disse seu Felipe

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

To achando que é cupim

Me falou seu Joaquim

Funga-funga

A…, a…, a…, atchim

 

Ai, meu nariz

Ai, meu nariz

Ele parece muito mais um chafariz

 

Fiz até acupuntura

Com doutor Saro Nokura

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Já corri pra todo lado

Mas não vejo resultado

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Ce tomou muito gelado

Perguntou doutor Machado

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

E eu já to desconfiado

Que isso é mesmo resfriado

Funga-funga

A…, a…, a…, atchim

 

Ai, meu nariz

Ai, meu nariz

Ele parece muito mais um chafariz

 

Clique para ampliar

 

Ursinho Pimpão

 

Vem meu ursinho querido

Meu companheirinho, ursinho Pimpão

Vamos sonhar aventuras

Voar nas alturas da imaginação

 

Como na história em quadrinhos

Eu sou a Sininho, você Peter Pan

Vamos fazer nossa festa, brincar na floresta

Ursinho Tarzã

Enquanto o sono não vem, eu sou Chapeuzinho, você meu galã

 

Dança meu bem, pelo salão

É tão bonita nossa canção

Manhã já vem, dorme Pimpão

Urso folgado, não tem lição

 

Vem meu mocinho querido

Ator preferido da minha estação

Vou te sonhar colorido

Pegando bandido na televisão

 

Vamos deixar o cansaço dormir num abraço

Meu velho amigão

Não fique triste e zangado

Se eu viro de lado, e te jogo no chão

 

Ah! meu ursinho palhaço

Seu circo é um pedaço

Do meu coração

 

Dança meu bem, pelo salão

É tão bonita nossa canção

Manhã já vem, dorme Pimpão

Urso folgado, não tem lição

Clique para ampliar

 

 •

O Meu Avô

 

O meu avô é doce como caramelo

O meu avô é fofo como um algodão

O meu avô tem muitas coisas e um castelo

De mentirinha mas é um bruta castelão

 

O meu avô conta piadas engraçadas

O meu avô tem figurinhas de montão

Muita graça muito riso

Meu avô sabe brincar

É tão lindo seu sorriso

É meu aaaa aaaaa aaaaaaa…

 

Avozinho, avozinho, avozinho dá um beijo

Dá um beijo vovozinho, um beijinho meu amor

Avozinho, avozinho, avozinho dá um beijo

Dá um beijo vovozinho, um beijinho por favor

 

O meu avô tem uma estátua voadora

O meu avô tem um isqueiro de vulcão

O meu avô corta fumaça com tesoura

De mentirinha o meu avô é campeão

 

Meu avô tem uns anéis lá de Saturno

O meu avô tem plantação de macarrão

Muita graça, muito riso

Meu avô sabe brincar

É tão lindo seu sorriso

É meu aaaa aaaaa aaaaaaa…

 

Avozinho, avozinho, avozinho dá um beijo

Dá um beijo vovozinho, um beijinho meu amor

Avozinho, avozinho, avozinho dá um beijo

Dá um beijo vovozinho, um beijinho por favor

Juntos

 

É tão bonito, ver tantos sonhos, tão diferentes

Vivendo juntos, aqui na escola

E tão contentes

 

Já vem felizes, lá no ônibus

Nariz no vidro, olhando o trânsito

Criando um mundo, feito mágicos

Cantando até ficar afônicos

Vivendo juntos

 

Juntos

Um dia entre nós, parece muito mais que um dia

Juntos

A tia, pra nós, é muito boa companhia

 

Eu quero assim: crianças sempre perto de mim

 

Juntos

O dia pra nós, parece feito de alegria

Juntos

Qualquer situação, é boa pra uma cantoria

 

Eu quero assim: crianças sempre perto de mim

 

Vamos vivendo as nossas vidas, alegremente

Cada segundo pode ser grande, e de repente

Segunda-feira é como um sábado

O nosso mundo, é mesmo, mágico

 

Juntos

Um dia entre nós, parece muito mais que um dia

Juntos

A tia, pra nós, é muito boa companhia

 

Eu quero assim: crianças sempre perto de mim

 

Juntos

O dia pra nós, parece feito de alegria

Juntos

Qualquer situação, é boa pra uma cantoria

 

Eu quero assim: crianças sempre perto de mim

Seu Felipe, Dorminhoco

 

O seu Felipe é um dorminhoco sem igual

Desde criança, dorme que não é normal

De manhã cedo era duro de acordar

Ia pra escola bocejando sem parar

 

Adormecia até num filme de terror

Com a TV ligada a todo vapor

De manhã cedo era um concerto musical

Sua família se juntava num coral

 

A a a a a a a a acorda

Dorminhoco tá na hora de acordar

A a a a a a a a acorda

Preguiçoso, você tem que levantar

 

Pega todo mundo no colchão

Joga esse folgado lá no chão

A a a a a a a a acorda

Seu dorminhoco, preguiçoso, folgadão

 

O seu Felipe é dorminhoco e sabidão

O seu Felipe acertou na profissão

Ele é vigia numa loja de colchões

Dorme direto, dando sopa pros ladrões

 

De manhãzinha, dá chilique no patrão

O seu Felipe esticadinho no colchão

E é tão gozado quando junta o pessoal

Em volta dele caprichando no coral

 

A a a a a a a a acorda

Dorminhoco ta na hora de acordar

A a a a a a a a acorda

Preguiçoso, você tem que levantar

 

Pega todo mundo no colchão

Joga esse folgado lá no chão

A a a a a a a a acorda

Seu dorminhoco, preguiçoso, folgadão

Você e Eu

 

Linda como o céu, e tão profunda como o mar

Move até montanhas, não tem cor, não tem idade

Quem é que não sabe do que eu quero falar

É da amizade

Estamos sempre juntos, não importa o lugar

Nesse nosso mundo, sem fronteiras pra cruzar

Vamos repartindo esse amor que faz viver

Você e eu, eu e você

Você e eu, você e eu

Eu e você, eu e você

Amigos pra valer, você e eu

 

Você e eu? Um coração

Eu e você? Uma emoção

Amigos pra valer você e eu

 

Você e eu? Uma canção

Eu e você? Um abração

Amigos pra valer você e eu

 

Corre como um rio que sabe onde fica o mar

Clara como a luz e certa como a verdade

Quem é que não sabe do que que eu quero falar

É da amizade

 

Ela não tem pressa, nem tem hora pra chegar

Até mesmo os bichos, e as flores vão te dar

É só repartir esse amor que faz viver

Você e eu, eu e você

 

Você e eu, eu e você

Você e eu, você e eu

Eu e você, eu e você

Amigos pra valer, você e eu

Gaguejei

 

Ga-ga-ga-ga-ga-ga-gaguejei

Na-na-na-na hora de falar

Qua-qua-qua-qua quase que eu falei

Mas ca-ca-co como evitar

 

Não, não, não sei o que acontece na boca

Quan-quan-quando eu vejo aquela menina

Parece que ela fica louca

E tre-treme que nem gelatina

 

Ga-ga-ga-ga-ga-ga-gaguejei

Na-na-na-na hora de falar

Qua-qua-qua-qua quase que eu falei

Mas ca-ca-co como evitar

 

Não, não, não sei o que acontece comigo

Quan-quan-quando eu vejo aquele gatinho

Quero falar mas não consigo

E ele pensa que é gago, sózinho

 

Ga-ga-ga-ga-ga-ga-gaguejei

Na-na-na-na hora de falar

Qua-qua-qua-qua quase que eu falei

Mas ca-ca-co como evitar


Clique para ampliar

Clique para ampliar