Archive for Maio, 1988

O Poeta das Crianças

terça-feira, Maio 31st, 1988

Capa O Poeta das Crianças

Lançado em 1988, pela CBS/SBK.

EDGARD POÇAS – O POETA DAS CRIANÇAS

Ronaldo Bôscoli

Quando A GALINHA MAGRICELA estourou nas paradas em 1982, estava aberta uma fase na música popular brasileira que se estenderia até os dias de hoje, batendo recordes de execução de vendagem e arrebanhando multidões pelo Brasil afora. Um grupo foi responsável por essa revolução – A TURMA DO BALÃO MAGICO – e o letrista que, daquele momento em diante, iria entregar-se o gênero com uma dedicação própria dos grandes artistas. EDGARD POÇAS foi o grande pioneiro na modalidade que hoje invade os lares e o coração das crianças – um poeta que, como nenhum outro, conhece a sensibilidade infantil e juvenil e os transporta a mundos de fantasia e encantamento numa época em que fica cada vez mais difícil sobreviver neste mundo de final de século.

O filão que Xuxa, Trem da Alegria, Abelhudos e Angélica, dentre outros, iriam aproveitar começou com as primeiras idéias e imagens saídas da privilegiada cabeça de EDGARD POÇAS seis anos atrás, uma personalidade atenta ao dia-a-dia do mundo e um ser humano esperançoso de melhores dias para as crianças e os adolescentes de hoje, como bem reflete em suas letras.

Este álbum – O POETA DAS CRIANÇAS – lançamento exclusivo da SBK SONGS, já a venda em todo o Brasil – é uma compilação das dezenas de sucessos de EDGARD POÇAS, em gravações originais da Turma do Balão Mágico  – com as participações de Djavan, Fábio Jr., Erasmo Carlos e Leo Jaime – do grupo Dominó e da dupla Jairzinho & Simony, com as participações de Gal Costa e Tim Maia.

Em todas as canções, a força e a vibração dos verdadeiros poemas que EDGARD POÇAS levou às bocas e à alma das crianças desse Brasil jovem e de um futuro que esperamos seja tão bonito quanto sua música.

Êsse e o texto do release escrito – putz! – pelo genial Ronaldo Bôscoli.

O cara escreveu Lôbo Bôbo, Barquinho, Nós e o Mar… É para qualquer um ficar metido, se achando.

Dominó #4

sexta-feira, Maio 27th, 1988

1988
Com Todos Menos Comigo (Guido Vitale – Edgard Poças)

As Palavras (Fernando de Diego – Edgard Poças)

Nada Pra Mim (Rosa Maria Giron – Carlos Gomez – Edgard Poças)

Cara de Sorvete ( Paul Mounsey –  Edgard Poças)

Hey Baby  (Bruce Chanell – Margareth Cobb – Edgard Poças)

Bruta Ansiedade (Javier Losada -Daniel Maroto -Edgard Poças)

América do Som ( Paul Mounsey –  Edgard Poças)

Você Me Faz Lembrar Você( Paul Mounsey –  Edgard Poças)

Paraíso (Angel Rubio Linares – Edgard Poças)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Com Todos Menos Comigo

 

Vai por aí com uns e com outros

E passa por mim

Faz pouco de mim

Anda muito bem

Com todos menos comigo

 

Seus olhos são

São verdes bofetadas

No meu coração

Me dizem que não

E vai por aí

Com todos menos comigo

 

E gosta de rir diante de mim

Representa o papel de sereia feliz

E perde seu controle

Com todos menos comigo

 

Já cheguei a pensar mais de uma vez

Me fazer infeliz

Te provoca prazer

Dizer que faz amor

Com todos menos comigo

 

Mas, hoje eu sei que dentro de mim

Tem o lance do amor

Que não tem mais fim

Isso acaba mal

Com todos menos comigo

 

Nunca diga jamais

Pra não errar

Essa história de amor

Bem que pode virar

E você vai ficar

Com todos menos comigo

 •

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

As Palavras

 

Muitas vezes as palavras

Falam muito, muito mais

Tanto faz se for mentira ou verdade

Tanto faz

 

Se elas falam tão depressa

Ou se vivem sem pensar

E parecem com a brisa

Com as ondas do mar

As palavras…..

 

Na espuma da champagne

Numa noite de luar

Pelo brilho das estrelas

Que eu quero te encontrar

Que me importam as palavras

Se você vem me falar

Tua voz é a carícia que me deixa sonhar

As palavras…..

 

As palavras são tão claras

Quando vem do fundo vem do coração

As palavras são tão raras

Tem o frio e tem a chama

Tem o gêlo e tem o sol

O escuro e a luz de um farol

 

Quem te quer e quem te estranha

Quem te fala que nem eu

Quem te diz amor um dia

Noutro dia te esqueceu

Quem se lembra e telefona

Quem te canta uma canção

E te escreve de tão longe

Quem te traz ilusão

 

As palavras são tão claras

Quando vem do fundo vem do coração

As palavras são tão raras

Tem o frio e tem a chama

Tem o gêlo e tem o sol

O escuro e a luz de um farol

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Nada Pra Mim

 

O seu cachorro late pra mim

Sua tartaruga vem correndo pra mim

Dizer que você, meu amor,

Quer ouvir eu dizer te quero

 

Quebrando o gelo

O seu pinguim

E seu papagaio ja falaram pra mim

Que você, meu amor, quer ouvir eu dizer te quero

 

E só voce nega

Mas essa não pega

Essa não dá pé

 

Então você nada

Nada pra mim nada

Vou te esperar lá na areia do mar

Pra dizer meu amor

Te quero

 

 

A sua sombra quer me esfriar

Mas esse sorriso quer me contar

Que você, meu amor, quer ouvir eu dizer te quero

 

Seu telefone toca pra mim

Toca que você se toca muito por mim

Que você quer ouvir, meu amor, te dizer te quero

 

E só voce nega

Mas essa não pega

Essa não dá pé

 

Então você nada

Nada pra mim nada

Vou te esperar lá na areia do mar

Pra dizer meu amor

Te quero

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Cara de Sorvete

Você me deixou com cara de sorvete
Foi me derretendo louco de calor
E daí nem quis saber de dar um beijo
Nem um beijo kiss nem quis o meu sabor

Ah! Meu amor não me joga no chão
Que eu sou gostoso, sou tentação
Beija
E não seja tão cruel
Que vou pro céu contigo
Me beija
E não seja tão ruim
Tem que ser amor que gosta de mim

Você me deixou assim só no palito
Me achou bonito no congelador
E daí nem quis saber de dar um beijo
Nem um beijo kiss nem quis o meu sabor

Ah! Meu amor não me joga no chão…

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Hey Baby

 

Hey, hey baby
Me diga por favor
Que sou seu amor

Na segunda eu te conheci
Depois terça-feira eu te segui
Quarta, quinta, sexta, mais
Fim de semana

Hey, hey baby
Me diga por favor
Que sou seu amor

Desde que eu te encontrei
Me apaixonei
C’mon baby, não diga não
Faz um favor pro meu coração

Hey, hey baby
Me diga por favor
Que sou seu amor

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Bruta Ansiedade

 

estou aqui à poucas horas

acabo de chegar e ja estou mal

já quero me mandar

nem adianta vir de cor de rosa

que agora anda tudo escuro

tudo tão normal

e sempre sem parar

 

a cidade cega nosso olhar

acostumado a ver o céu e o mar

o céu o mar

onde é que eu vou morar

 

sem a luz do dia do luar

sem o verde não dá pra ficar

não dá não dá

não dá pra segurar

 

é uma bruta ansiedade

periga sufocar

o vento fica na saudade

do ar do ar do ar

é uma bruta a maior ansiedade

periga sufocar

o vento fica na saudade

do ar do ar

quero respirar

quero respirar

 

eu qualquer dia desapareço

no meio da fumaça e dos faróis

e vamos todos nós

 

a cidade cega nosso olhar

acostumado a ver o céu e o mar

o céu o mar

onde é que eu vou morar

 

sem a luz do dia do luar

sem o verde não dá pra ficar

não dá não dá

não dá pra segurar

 

é uma bruta ansiedade

periga sufocar

o vento fica na saudade

do ar do ar do ar

é uma bruta a maior ansiedade

periga sufocar

o vento fica na saudade

do ar do ar

quero respirar

quero respirar

 •

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

América do Som

 

mambo bo

manbo na rumba ba

rumba na salsa sa

salsa no sam

salsa no samba que dá

 

fruto to

toque da América

que toca na Europa pa

Europa que tó

Europa que topa tocar

 

só fervendo no som

só frevando no chá chá chá

um toque no rock

que tá que tá

 

mambo bo

manbo na rumba ba

rumba na salsa sa

salsa no sam

salsa no samba que dá

 

é o negro no som

deu um branco no seu axé

um bicho do bom

que dá no pé

 

reggae no forró

tem Caribe no Capibaribe

caramba!

bamba bamba

segura firme na peteca morena

tango no calango muchacho

bumba na cueca

tequila!

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Você Me Faz Lembrar Você

 

Um  olhar assim me faz

De peixe vivo na rede

Eu me divirto, amor é bom demais

 

Menina

Agora, eu já sei por quê

Você me entorta de sede

Amor, você me faz lembrar você

 

Luz do sol

Luz do sol

Do luar

E do desejo

Quem sou eu

Sem você no coração

 

Se quiser me levar

No seu rosto como um beijo

Eu não vou nem ligar

Juro que não

Seu olhar no meu

 

É fatal, mas não quero nem saber

Só você, amor, me faz lembrar você

 

Seu olhar é uma bola de cristal

Onde tudo que eu vejo fala de mim

Vem, amor, pra mim

Meu amor, vem pra mim

 

Luz do sol …

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Paraíso

 

Estou nas ilhas do sul

Debaixo de uma palmeira

Todo o mundo passa de canoa

E eu passo numa boa

 

Eu e você

Inventando um paraíso

Vou beijar você

Uma onda traz um sorriso

 

Uh! uh! uh! uh!

Céu e mar

Tudo que eu preciso

 

Eu sou um cara de sorte

O forte é a brincadeira

Eu vou pros mares do norte

Te beijo de qualquer maneira

Vertimec • Merck

quarta-feira, Maio 25th, 1988

Trilha 30′

Filme: Fórmula 1

Agência: Marques da Costa Propaganda

Produtora do filme: Cia de Cinema

Produtora de som: Klaxon

Gravada no estúdio Pulsar em maio 1988

 

Clique para ver o filme