Archive for março, 2020

Villa-Lobos e Carlos Gomes para Crianças

quarta-feira, março 25th, 2020

Há dez anos eu lançava pela revista CARAS o CD

Clique para Crianças

 

Pequenas peças para piano solo dos dois mestres.

Arranjos e Produção: Edgard Poças

Intérpretes: Edgard Poças e Macintosh de Moraes

Sequenciadores: Logic e Performer

Mixagem e anjo da guarda: José Antonio Almeida

Julho 2008

No post “Viva Villa!” tem quatro faixas e aqui vão mais tres.

 

A Cayumba • Carlos Gomes

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Cai cai balão • Villa-Lobos

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Final • Carlos Gomes

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Parece que o CD ainda está agradando, vejam:
https://www.youtube.com/watch?v=3D2vu4fXIfs
https://www.youtube.com/watch?v=1fQBpFiJabc
https://www.youtube.com/watch?v=oGSc0KOh_C4
https://www.youtube.com/watch?v=4ccK_KynZvw
https://www.youtube.com/watch?v=FHv4Nn83Ed4

O  CD “Villa-Lobos e Carlos Gomes para Crianças” está disponível nas plataformas: Itunes, Deezer, Spotify e outros, com nova capa.

Abraços. Edgard.

Dia Mundial da Água

domingo, março 22nd, 2020

Hoje  é dia 22 de março. o dia mundial da água. Salve ela!

 

Bach

sábado, março 21st, 2020

Johann Sebastian Bach  nasceu em 21 de março de 1685.

Postar o que? Concertos de Brandenburgo, O Cravo Bem Temperado, Missa em Si Menor, Paixão Segundo São Mateus, a Arte da Fuga, Sonatas, Partitas, Cantatas, Suítes?

Tudo do “seu” Ribeiro é bom!

Decidi pela Ária para Corda Sol. Meu querido amigo dr. José Carlos Naccache, de quase sessenta anos (de amizade), diz que esta é a música mais bonita do mundo; o que voce acha?

Ouça agora esta versão – digitalizada do LP Place Vendôme,  com o Modern Jazz Quartet e The Swingle Singers, comprado na Eletroarte, rua Augusta (SP), em 1966.

João Sebastião Ribeiro! Êsse  é o cara!

Dia Internacional Contra a Discriminação Racial

sábado, março 21st, 2020

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Adivinha, Paul Mounsey e Edgard Poças.

Voz: Diogo Poças

Ilustração de Maria do Céu, minha filha Céu

Clique para ampliar

 Ilustração de Fernanda Youssef, em Asas da Imaginação, coleção O Mágico do Balão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Castelo de Caras

sexta-feira, março 20th, 2020

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Sequenciadores: Performer e Logic

Computador: Macintosh

Junho de 2003

Seguem quatro faixas.

• O Cortejo do Rei e o Côro dos Soldados

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A Princesa Bailarina

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O Lago Encantado

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A Batalha

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 

Meu amigo Zé Vasconcellos.

sexta-feira, março 20th, 2020


José Thomaz da Cunha Vasconcellos Neto, nasceu na cidade de Rio Branco, capital do Acre em 20 de março de 1926. Foi um gênio da arte de fazer rir.

Criou em 1952, o primeiro programa humorístico da televisão brasileira, “A Toca do Zé”, para a TV Tupi de São Paulo. Inventou o que hoje se chama stand-up comedy. Seu LP “Eu Sou o Espetáculo”, gravado em 1960 – voce pode ser baixar no excelente Toque Musical :  http://toque-musicall.blogspot.com  – vendeu mais de 100 mil cópias!

Assista o Zé. no Youtube . O Documentário “Ele é o Espetáculo”, de Jean Carlo Szepilovski e Ricardo José Haynal é uma homenagem ao conjunto de sua obra.

http://www.youtube.com/speedbox01#p/u/12/izz6AwDk-tA

Tive a honra e o prazer  de produzir e compor as vinhetas musicais deste CD. Inicialmente foi um CD brinde – Rir é o Melhor Remédio – criado em 1998, para a Bayer do Brasi e depois comercializado pela gravadora Tempo 3. Seguem quatro faixas. Grande Zé.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

• Cachanga

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

5ª de Beethoven

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

• Recenceamento no céu

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

• Encerramento

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 

 


Valeu Zé. Dá um abraço no Garôto.

Ouça Nick Bar, de Garôto e José Vasconcellos, na voz de Dick Farney, outro amigo genial.

Saudade.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Introdução: C7M Am7 Dm7 Bb7 C7M Dm7/9 G7/13 G7/13- G7 

C7M       Am7        Dm7 G7  C7/9+           Am7       Em7/9 A7/13-
Foi neste bar pequenino,         onde    encontrei meu amor
Dm7       E7/9-      Am7+ Am7 D7/9                      Fm/G# G7
Noites e noites sozinho,            vivo lembrando uma dor
C7M      Am7       Dm7 G7  C7/9+        Am7         Em7/9 A7/13-
Todas as juras sentidas           que o coração já guardou
F7M        Bb7         Em5-/7 A7 Dm7               G7      C7M
Hoje são coisas perdidas              que   o eco ouviu e calou
               Fm7 G7/13- C7M                   Fm7  G7    C7M
Você partiu e   me    deixou      não sei viver sem seu olhar
          Bm5-/7  E7/13-   Am7               D7/9     Fm/G# G7/13 G7/13-
E o que ficou  só me    lembrou nossos encontros no Nick Bar
C7M       Am7        Dm7 G7  C7/9+          Am7       Em7/9 A7/13-
Todas as juras sentidas            que o coração já guardou
F7M        Bb7           Em5-/7 A7     Dm7     G7     C7M
Hoje são coisas perdidas        que  o eco ouviu e calou
Instrumental solo: C7M  Am7 Em7/9  A7/9- Dm7 E7 Am7 D7 Dm7 G7/13 G7/13-
C7M                                             Dm7     Em7  C7
Todas as juras sentidas que o coração já guardou
F7M        Bb7           Em5-/7 A7         Dm7 G7       C7M
Hoje são coisas perdidas             que o eco ouviu e calou
              Fm7 G7/13- C7M               Fm7       G7 C7M
Você partiu e me deixou      não sei viver sem seu olhar
            Bm5-/7 E7         Am7                 D7      Dm7  G#7
E o que sonhei só me lembrou    nossos encontros no Nick Bar
C#7M                                          D#m7    G#m7  C#7/9-
Todas as juras sentidas que o coração já guardou
F#7M      B7         Fm5-/7  A#7       D#m7   G#7  C#7M  G#m7 C#7/9-
Hoje são coisas perdidas          que  o eco ouviu e calou
F#7M        B7           Fm5-/7   A#7    D#m7   G#7  C#7M
Hoje são coisas perdidas          que  o eco ouviu e calou

Sobre o Nick Bar:

http://www.saopaulominhacidade.com.br/list.asp?ID=165

Com meu primo Zezito Marques da Costa, quando tentávamos produzir um programa de TV, que, infelizmente não veio acontecer.

Valeu Zé. Dá um abraço no Garôto.

Ernesto Nazareth

sexta-feira, março 20th, 2020

Ernesto Nazareth, primeiro gênio da música brasileira, nasceu em 20 de março de 1863.

Aqui vão duas das suas composições.

Para ouvir ajoelhado.

Carioca, com Arthur Moreira Lima:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Odeon, com Nara Leão, letra – composta a pedido dela ao nosso grande Vinicius de Moraes. Desculpem o chiado:digitalizei do LP Nara, muito ouvido e não olvidado, comprado em 1968, na Eletroarte da rua Augusta.

Odeon, com Nara Leão, letra – composta a pedido dela pelo nosso grande Vinicius de Moraes. Desculpe o chiado; digitalizei do LP Nara, muito ouvido e não olvidado, comprado em 1968, na Eletroarte da rua Augusta.

O compositor francês Darius Milhaud incorporou Carioca (alem de Ferramenta, Escovado, Apanhei-te Cavaquinho e Brejeiro do nazareth) e várias outras de outros autores brasileiros à partitura do seu ballet Le Boeuf Sur le Toit (O Boi no Telhado).

Texto de Daniella Thompson extraído de um ensaio elaborado especialmente para o projeto Músicos do Brasil: Uma Enciclopédia patrocinado pela Petrobras através da Lei Rouanet:

Le Boeuf sur le Toit, a composição mais conhecida de Milhaud, é uma concatenação animada de motivos melódicos tomados de empréstimo a 28 músicas, 24 das quais publicadas no Brasil entre 1890 e 1919, sendo a maioria datada do período em que o compositor viveu no Brasil. Com a exceção de “O Boi no Telhado” (composta em 1918 e, portanto, nunca uma “velha ária brasileira” como disse Milhaud), de cujo título se apropriou, ele nunca mencionou os nomes das canções brasileiras que incorporou ao Le Boeuf sur le Toit. Sete das canções eram de autoria de Tupinambá e quatro de Nazareth mas, apesar de seu entusiasmo declarado pelos dois compositores, Milhaud nunca reconheceu as contribuições deles à sua obra, como também jamais mencionou os outros doze compositores brasileiros cujas melodias citou.

http://ensaios.musicodobrasil.com.br/daniellathompson-comooboisubiunotelhado.htm

Na sua autobiografia Milhaud escreveu:

Um dos melhores compositores (de maxixes e tangos), Nazareth costumava tocar piano em frente à porta de um cinema na avenida Rio Branco.  Sua execução fluída, elusiva e triste me ajudou a compreender melhor a alma brasileira.

Trecho de O Boi no Telhado onde aparece carioca e em seguida em contraponto com Escovado, tambem de Ernesrto Nazareth, extraído do LP

que pode ser ouvido na íntegra no endereço:

Vale a pena visitar o site:

http://daniellathompson.com/

e ler The Boeuf Chronicles completas.

E pra esgotar o assunto, o livro O Boi no Telhado, Darius Milhaud e a música brasileira no modernismo francês, organizado por Manoel Aranha Corrêa do Lago.

Sobre Ernesto Nazareth, nada melhor do que o livro O enigma do homem célebre: ambição e vocação de Ernesto Nazareth, de Cacá Machado, Instituto Moreira Salles, 2007, mas, antes, vai bem a leitura do conto Um Homem Célebre, de Machado de Assis.

http://www.biblio.com.br/defaultz.asp?link=http://www.biblio.com.br/conteudo/MachadodeAssis/umhomemcelebre.htm

NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA!

Clique para ampliar

E pensar que ele não curtia muito a sua obra!

Apanharam-te Nestico!

Mindinha de Villa-Lobos

quinta-feira, março 5th, 2020

Em 1974, fui ao Rio de Janeiro, conhecer o Museu Villa-Lobos, no trem noturno, apelidado, por Vinicius de Moraes,”avião dos covardes”. Viajei a viagem toda, na possibilidade de, que sabe , arrumar um estágio na Universidade Musical de Cascadura.

Infelizmente não havia vaga nenhuma, mas, ouve um papo com dona Arminda, a Mindinha, mulher do Villa, a quem ele dedicou, entre muitas peças, os Cinco Prelúdios Para Violão e as Nove Bachianas Brasileiras. Seguem os três melhores momentos.

Dona Mindinha contou que numa ocasião em Nova York, Villa-Lobos a levou para ouvir um grande compositor- não disse quem nem onde – que ia se apresentar ao piano. O lugar, segundo ela era bem mixuruca, e o músico, numa pindaíba danada, era nada mais nada menos que Béla Bartók! Villa e Bartók tinham ouvido absoluto e compunham sem usar nenhum instrumento, ou seja, tudo de cuca.

Perguntei se ela conhecia Antonio Carlos Jobim. Eu sabia da admiração de Tom pela obra de Villa-Lobos. – Sim, claro que conheço, ele compõe melodias lindas, e ama a obra de Villa-Lobos. Uma ocasião, lá pelos anos 50, ele esteve em nossa casa. Lembro bem dele, brincando, ao se despedir : – Maestro, quer vender pra mim a ária da Bachiana Nº5? O Villa riu mais do que normalmente, ele gostava do Tom. Antônio Carlos Jobim estava começando sua monumental carreira de compositor, que o consagrou no mundo inteiro.

Após um cafezinho, dona Mindinha foi atender alguém, disse que voltava logo, e que eu a esperasse. Fiquei rodando pela sala olhando alguns pertences do maestro – batuta, piteira, vários lápis, borrachas, óculos, tentado a trazer, graciosamente, um lápis com prolongador que não parava de olhar pra mim. Bem, dona Mindinh a voltou a tempo de frustrar o assalto ao patrimônio nacional, e, cheio de graça, confessei minha intenção. – Edgard, mas que coisa feia! – Pois é, dona Mindinha, eu sei, mas acontece que lápis está encantado que nem o Guia Prático! Com ele na mão, até eu escrevo uma sinfonia!

Voltei com um bocado de partituras que ganhei de dona Arminda de Villa-Lobos, entre elas a, Melodia Sentimental, que vinte e dois anos depois, sugeri à Zizi Possi que a incluísse no repertório do CD Mais Simples. Na ânsia de ir ao Museu, me confundi, e, ao invés do Guia Prático – a caixinha de ferramentas do maestro – levei o Solfejos, que aí está, autografado por Mindinha Villa-Lobos

Villa Lobos

quinta-feira, março 5th, 2020

Villa Lobos nasceu em 5 de março de 1887 e morreu em 17 de novembro de 1959.

Gênio. Índio de casaca. Formado pela universidade de Cascadura.

Sobre a inspiração:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Grande Villa!

Modinha da Bachiana 1.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Sem palavras.