Archive for the ‘PUBLICIDADE’ Category

Arapuã • Gol Copa • Um frango na cadência do samba.

quinta-feira, junho 14th, 2018

O ano era 1982. Ano de Copa do Mundo na Espanha.

O Brasil tinha um timaço e ia estrear no torneio em Sevilha contra a antiga URSS.

A Volkswagen lançava o Gol Copa e as Lojas Arapuã, como revendedora, tinha um plano de mídia digno do acontecimento.

A agência de propaganda Proeme bolou o roteiro de um filme em que o Waldir Peres – goleiro da seleção canarinho, reserva nas Copas do Mundo de 1974 e 1978 e agora titular – com sua autoridade de guardião afirmava algo assim:

– Nessa Copa, o único gol que vai entra aqui vai ser êsse!  E um Gol Copa entrava gloriosamente na meta brasileira.

Fui chamado, no dia  primeiro de abril (hum), para fazer a trilha do filme e o briefing, como era de se esperar era o antológico Que bonito é, de Luiz Bandeira

Que bonito é

Ver um samba no terreiro

Assistir a um batuqueiro

Numa roda improvisar…

que na verdade se chama Na Cadência do Samba. Tinha que compor algo instrumental, no estilo,  sem ser parecido.

Passei uns dias compondo, decompondo, escrevendo a partitura, fazendo as cópias para os músicos, enfim,  daquilo que seria, pelo menos eu achava, meu golaço publicitário.

No dia do jogo, 14 de junho, sentei no sofá, liguei a TV  como todo brasileiro que se preza, na companhia de amigos, cerveja gelada e acompanhamentos, para assistir a peleja. Em clima de pré jogo, o filme e meu samba rolaram bonito logo no início da tramsmissão, putz, vai ser um sucesso! Brasil!

Acontece que meu coração ficou frio:  aos 33 do 1º tempo um tal de Bal, mal ajambrado, chuta de longe e num lance de infelicidade, Waldir Peres, um dos maiores goleiros que eu vi jogar, engoliu aquilo que no futebol se chama de frango ou perú, que pena! Meu sambagoldeplaca ficou reduzido a uma mísera execução. Tiraram imediatamente do ar apesar do placar final de 2 x 1 a favor do  Brasil. A seleção passou bem pela primeira fase e na segunda batemos a Argetina, al borde de un ataque de nervios, y después não quero nem lembrar. Deu em pizza.

Mas o samba tá aí, voando, de novo no ar.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Voa, canarinho, voa… mostra na Espanha o que eu já sei…

Voa, canarinho, voa… mostra pra esse povo que és um rei…

Copie o endereço e assista:

 

Agência: Proeme

Produtora do filme: Espiral

Músicos: Azevedo (Trumpete), Bill e Pantera (trombones), Hector Costita (sax alto), Isadoro “Bolão” Longano (sax tenor), Carlos Alberto (sax barítono), Chiquinho Rodrigues (violão e percussão), Nãolembro Dequem (contrabaixo e bateria)

Técnico: Mazzuca

Gravação: Estúdio Bandeirantes em 5 de abril de 1982

P.S.: O trumpetista (Azevedo) chegou na gravação, devia ser umas dez da manhã, exausto e com os lábios estourados de tocar à noite toda no Som de Cristal, a mais conhecida gafieira de São Paulo que ficava na rua Bento Freitas, hoje não existe mais:

– Maestro, eu não vou conseguir tocar tão agudo não, olha só!

Os lábios estavam muito inchados e parecia que ele saiu duma luta de box. E  agora onde eu acho um trumpetista? Abaixar o tom agora, depois de toda borracha que eu gastei?

Os músicos esperando para gravar e eu sem o solista…

Aí o Chiquinho Rodrigues, que além de músico fixo do estúdio tambem fazia freelance de anjo da guarda, trouxe a solução:

– Vamos gravar o pessoal sem o trumpete , depois, baixamos a rotação da máquina, o Azevedo grava num tom mais confortável, e quando voltarmos ao original vai ficar beleza!

O Azevedo tocou relax, eu gostei a agência aprovou, e o resultado, apesar dos pesares, taí, voando no espaço.

Valeu Chiquinho!

 

 

Dr. Sócrates e eu.

terça-feira, junho 12th, 2018

Passados trinta e seis anos atrás, consigo uma cópia do filme da Topper rodado na véspera da Copa do Mundo de 1982, poucos dias antes de embarcar da seleção canarinho voar para a Espanha. O comercial criado, pela agência  Thompson, filmado no estádio do Pacaembú, produzido pela da TVC e dirigido por Dorian Taterka, tratava de um provável embate entre a seleção brasileira e a  alemã, estrelado pelo dr. Sócrates, com a participação de Serginho Chulapa, Paulo Isidoro e outros que infelizmente não aparecem nesta edição do filme.

Lembro que chovia, chuva de filme: bola rolando solta, eu capitão da seleção germânica, um defensor viril porem desleal, com cara de mau, evito a infiltração socrática, mandando-lhe um chucrute, aliás, instruído pelo próprio Sócrates, de como sarrafa -lo sem excluí-lo da Copa.

Prrrriiiiiii… penalty!

Revoltado, reclamei acintosamente de sua senhoria o árbitro e fui, corretamente, mandado para o chuveiro.

Doutor cobrou e… gol do Brasil!

Durante os papos – copa e copos – que rolaram durante as filmagens, jamais poderíamos imaginar a quantidade de água que em 2014 eles iriam despejar no nosso chopes, justamente aqui, no país do futebol… nem o sabor da pizza que os italianos estavam cozinhando para saborearmos em Sarriá.

Nada como o tempo para passar dizia Vinicius de Moraes…

Voa canarinho, voa…

O tempo é agora.

Como sempre, vou torcer pra seleção trazer o caneco cheio de vodka pra dar um alívio na desesperança do astral brasileiro:

-Pra frente Brasil!

Topper 30

http://www.edgardpocas.com.br/wp-content/uploads/2018/06/Topper-30.mov

Mappin • Edgard Poças • Klaxon

sexta-feira, outubro 20th, 2017

KLAXON CRIAÇÕES – SOM e IMAGEM, minha firma de fotogramas de publicidade, cumpriu sua história da primeira metade dos anos oitenta até o final dos anos 90.

Mappin, uma loja de departamentos com sede na cidade de São Paulo, cujo nome oficial era Casa Anglo-Brasileira S/A, compôs boa parte dela.

Fundada em 1774, na cidade inglesa de Sheffield, foi trazida para o Brasil em 1913 pelos irmãos Walter e Hebert Mappin.

images-4

Durante os 86 anos em que atuou em São Paulo, foi uma das pioneiras do comércio varejistano Brasil.

Na década de 1930, inovou ao colocar etiquetas com os preços nas vitrines e foi a propulsora do crediário.

SONY DSC

SONY DSC

Entre os anos 40 e 50, o Mappin foi ponto de encontro. Antecipou o conceito de shopping center, reunindo produtos de diversos tipos em um único local.

A loja na Praça Ramos de Azevedo, no centro da capital paulista, se tornou referência da marca.

  images-1            anos 60      images

Encerrou suas atividades em 1999.

 

klaxon 1

Klaxon foi o nome homenagem a revista a primeira publicação modernista brasileira, uma referência importante para o estudo desse Movimento.

Escrtitóri Leiria • bandeira Klaxon

A publicação do periódico, entre 1922 e 1923, foi a primeira ação pós-Semana de Arte Moderna, realizada por um grupo de artistas – poetas, escritores, artistas plásticos, músicos, jornalistas e intelectuais – com o objetivo de imprimir uma identidade nacional à produção artística brasileira e promover um rompimento com as tradicionais escolas europeias.

A redação de Klaxon costumava se reunir na Confeitaria Vienense, e a primeira sede da revista foi na rua Uruguai, número 14, transferindo-se depois para a rua Direita, número 33, sempre pertinho do Logo MappinOuça o som da klaxon buzinando, nesta montagem – feita gentilmente pela Memorar – de todos fotogramas produzidos pela Klaxon.

Desculpem pequenas falhas sonoras; o tempo pune, mas é, e está.

Agradeço à todos que, pacientes e condescendentemente, participaram dessas peças como compositores, intérpretes ou parceiros.

Amilson Godoy, Angela Márcia, Arismar do Espírito Santo, Caio Flávio, Carlinhos Bala, Claudio Bertrami, Claudio Leal Fereira, José Antonio Almeida, José Clovis Trindade, Lelo Nazário, Luiz Lopes, Luiz Roberto Oliveira, Marcos Xuxa Levy, Nadir Gogliano, Nelson Ayres, Paulinho Campos, Paulo Bellinati, Paul Mounsey, Pichú Borrelli, Rodolfo Stroeter, Silvinha Araújo, Willian Caran, e o gentil e expedito McIntosh Barbosa Poças.

Instantânea de Vídeo

 

A todos, o meu abraço de carinho e saudade.
KLAXON:CARTÃO 1

Este post é dedicado à memória do inesquecível Fernando Vieira de Mello.

Kitano. Kitalho.

quinta-feira, março 3rd, 2016

Clique para ver o filme

Kitano • Kitalho • Tempêro

Filme : Casal

Produtora: Oficina de Cinema

Atriz: Cândida (não lembro o sobrenome)

Filmado em 18.01.82

Charm

quinta-feira, março 3rd, 2016

Clique para ver o filme

Charm.

Filme: Leilão

Agência: DPZ

Direção: Julinho Xavier

Atriz: Cândida (não lembro o sobrenome)

Filmado na Espiral em agosto de  1981

Personna

quinta-feira, março 3rd, 2016

Clique para ver o filme

Persona • Barbajato

Filme: Barbajato, o descartável da Persona

Agência: Gang

Produtora do Filme: Espiral

Direção: Clemente Portela

Filmado em 25 de junho 1980

 

Sadia. Frango.

terça-feira, março 1st, 2016

Clique para ver o filme

Agência: DPZ

Produtora do Filme: Espiral

Direção: Julinho Xavier

Filmado na Espiral em maio de 1980

 

Minister. Souza Cruz.

terça-feira, março 1st, 2016

Clique para ver o filme

Minister • Souza Cruz

Filme: Haras

Agência: J.W. Thompson

Produtora do Filme: Blow Up

Direção: Dorian Taterka (Dodi)

Foto: Meca Assumpção

Atriz: Inês Knaut

Musica: Areton Salvanini

Filmado: abril de 1978

Semp Toshiba

terça-feira, março 1st, 2016

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Semp Toshiba

Os Reis

Agência: Fischer

Piano: Laércio de Freitas (Tio)

Voz: Edgard Poças

Gravado em Novembro de 1981 no estúdio Bandeirantes

 

 

Bola Penalty • #1

terça-feira, março 1st, 2016

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Clique para ampliar

Bolas Penalty • #1

Trilha 30′

Agencia: MCP Propaganda

Produtora de som: Klaxon

Músicos: Amilson Godoy (piano elétrico), Claudio Bertrami (baixo), Dirceu (bateria), Roberto Sion (sax) e José Eduardo Nazário (percussão)

Gravada em 15.01.1980 no Estúdio Bandeirantes

 •