Archive for the ‘A Turma do Balão Mágico #2’ Category

A Turma do Balão Mágico #2

sábado, Abril 2nd, 2016

 

.

 

Capa do K7

 

Superfantástico (Ignacio Ballesteros – Difelisatti – Edgard Poças)

Ai Meu Nariz (E.T.Aragon Alvarez – E.A.Bermudez – Edgard Poças)

Ursinho Pimpão (T.Landa – T.Cruz – Edgard Poças)

O Meu Avô (H.Herrero – L.G.Escolar – Edgard Poças)

Juntos (L.G.Escolar – G.Gastaldo – Edgard Poças)

Seu Felipe Dorminhoco (Emilio Aragón – Bermudez – Edgard Poças)

Você e Eu (Ignacio Ballesteros – Dennis Trempenau – Edgard Poças)

Gaguejei (G.O.Montero – J.Oristrell – M.C. Alicart – Edgard Poças)

Músicas e Letras de Edgard Poças

 

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Superfantástico

 

Superfantástico, amigo

Que bom estar contigo no nosso balão

Vamos voar novamente

Cantar alegremente mais uma canção

 

Tantas crianças já sabem, que

Todas elas cabem no nosso balão

Até quem tem mais idade

Mas tem felicidade no seu coração

 

Sou feliz, por isso estou aqui

Também quero viajar nesse balão

 

Superfantástico

No balão mágico

O mundo fica bem mais divertido

 

Sou feliz, por isso estou aqui

Também quero viajar nesse balão

 

Superfantásticamente

As músicas são asas da imaginação

É como a flor e a semente

Cantar que faz a gente viver a emoção

 

Vamos fazer a cidade

Virar felicidade, com a nossa canção

Vamos fazer essa gente voar alegremente

No nosso balão

 

Sou feliz, por isso estou aqui

Também quero viajar nesse balão

Clique para ampliar

Ai, Meu Nariz

 

Eu não sei o que é que eu fiz

Eu só sei que o meu nariz

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Consultei doutor Zenóbio

Que não viu nenhum micróbio

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Também fui no consultório

De um tal doutor Osório

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Nunca vi nariz assim

Isso é com doutor Crispim

Funga-funga

A…, a…, a…, atchim

 

Ai, meu nariz

Ai, meu nariz

Ele parece muito mais um chafariz

 

Encontrei dona Anastácia

No caminho da farmácia

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Ta com cara de alergia

Corre lá na drogaria

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Ta com jeito de ser gripe

Já me disse seu Felipe

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

To achando que é cupim

Me falou seu Joaquim

Funga-funga

A…, a…, a…, atchim

 

Ai, meu nariz

Ai, meu nariz

Ele parece muito mais um chafariz

 

Fiz até acupuntura

Com doutor Saro Nokura

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Já corri pra todo lado

Mas não vejo resultado

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

Ce tomou muito gelado

Perguntou doutor Machado

Funga-funga

A…, a…, a…, a…

 

E eu já to desconfiado

Que isso é mesmo resfriado

Funga-funga

A…, a…, a…, atchim

 

Ai, meu nariz

Ai, meu nariz

Ele parece muito mais um chafariz

 

Clique para ampliar

 

Ursinho Pimpão

 

Vem meu ursinho querido

Meu companheirinho, ursinho Pimpão

Vamos sonhar aventuras

Voar nas alturas da imaginação

 

Como na história em quadrinhos

Eu sou a Sininho, você Peter Pan

Vamos fazer nossa festa, brincar na floresta

Ursinho Tarzã

Enquanto o sono não vem, eu sou Chapeuzinho, você meu galã

 

Dança meu bem, pelo salão

É tão bonita nossa canção

Manhã já vem, dorme Pimpão

Urso folgado, não tem lição

 

Vem meu mocinho querido

Ator preferido da minha estação

Vou te sonhar colorido

Pegando bandido na televisão

 

Vamos deixar o cansaço dormir num abraço

Meu velho amigão

Não fique triste e zangado

Se eu viro de lado, e te jogo no chão

 

Ah! meu ursinho palhaço

Seu circo é um pedaço

Do meu coração

 

Dança meu bem, pelo salão

É tão bonita nossa canção

Manhã já vem, dorme Pimpão

Urso folgado, não tem lição

Clique para ampliar

 

 •

O Meu Avô

 

O meu avô é doce como caramelo

O meu avô é fofo como um algodão

O meu avô tem muitas coisas e um castelo

De mentirinha mas é um bruta castelão

 

O meu avô conta piadas engraçadas

O meu avô tem figurinhas de montão

Muita graça muito riso

Meu avô sabe brincar

É tão lindo seu sorriso

É meu aaaa aaaaa aaaaaaa…

 

Avozinho, avozinho, avozinho dá um beijo

Dá um beijo vovozinho, um beijinho meu amor

Avozinho, avozinho, avozinho dá um beijo

Dá um beijo vovozinho, um beijinho por favor

 

O meu avô tem uma estátua voadora

O meu avô tem um isqueiro de vulcão

O meu avô corta fumaça com tesoura

De mentirinha o meu avô é campeão

 

Meu avô tem uns anéis lá de Saturno

O meu avô tem plantação de macarrão

Muita graça, muito riso

Meu avô sabe brincar

É tão lindo seu sorriso

É meu aaaa aaaaa aaaaaaa…

 

Avozinho, avozinho, avozinho dá um beijo

Dá um beijo vovozinho, um beijinho meu amor

Avozinho, avozinho, avozinho dá um beijo

Dá um beijo vovozinho, um beijinho por favor

Juntos

 

É tão bonito, ver tantos sonhos, tão diferentes

Vivendo juntos, aqui na escola

E tão contentes

 

Já vem felizes, lá no ônibus

Nariz no vidro, olhando o trânsito

Criando um mundo, feito mágicos

Cantando até ficar afônicos

Vivendo juntos

 

Juntos

Um dia entre nós, parece muito mais que um dia

Juntos

A tia, pra nós, é muito boa companhia

 

Eu quero assim: crianças sempre perto de mim

 

Juntos

O dia pra nós, parece feito de alegria

Juntos

Qualquer situação, é boa pra uma cantoria

 

Eu quero assim: crianças sempre perto de mim

 

Vamos vivendo as nossas vidas, alegremente

Cada segundo pode ser grande, e de repente

Segunda-feira é como um sábado

O nosso mundo, é mesmo, mágico

 

Juntos

Um dia entre nós, parece muito mais que um dia

Juntos

A tia, pra nós, é muito boa companhia

 

Eu quero assim: crianças sempre perto de mim

 

Juntos

O dia pra nós, parece feito de alegria

Juntos

Qualquer situação, é boa pra uma cantoria

 

Eu quero assim: crianças sempre perto de mim

Seu Felipe, Dorminhoco

 

O seu Felipe é um dorminhoco sem igual

Desde criança, dorme que não é normal

De manhã cedo era duro de acordar

Ia pra escola bocejando sem parar

 

Adormecia até num filme de terror

Com a TV ligada a todo vapor

De manhã cedo era um concerto musical

Sua família se juntava num coral

 

A a a a a a a a acorda

Dorminhoco tá na hora de acordar

A a a a a a a a acorda

Preguiçoso, você tem que levantar

 

Pega todo mundo no colchão

Joga esse folgado lá no chão

A a a a a a a a acorda

Seu dorminhoco, preguiçoso, folgadão

 

O seu Felipe é dorminhoco e sabidão

O seu Felipe acertou na profissão

Ele é vigia numa loja de colchões

Dorme direto, dando sopa pros ladrões

 

De manhãzinha, dá chilique no patrão

O seu Felipe esticadinho no colchão

E é tão gozado quando junta o pessoal

Em volta dele caprichando no coral

 

A a a a a a a a acorda

Dorminhoco ta na hora de acordar

A a a a a a a a acorda

Preguiçoso, você tem que levantar

 

Pega todo mundo no colchão

Joga esse folgado lá no chão

A a a a a a a a acorda

Seu dorminhoco, preguiçoso, folgadão

Você e Eu

 

Linda como o céu, e tão profunda como o mar

Move até montanhas, não tem cor, não tem idade

Quem é que não sabe do que eu quero falar

É da amizade

Estamos sempre juntos, não importa o lugar

Nesse nosso mundo, sem fronteiras pra cruzar

Vamos repartindo esse amor que faz viver

Você e eu, eu e você

Você e eu, você e eu

Eu e você, eu e você

Amigos pra valer, você e eu

 

Você e eu? Um coração

Eu e você? Uma emoção

Amigos pra valer você e eu

 

Você e eu? Uma canção

Eu e você? Um abração

Amigos pra valer você e eu

 

Corre como um rio que sabe onde fica o mar

Clara como a luz e certa como a verdade

Quem é que não sabe do que que eu quero falar

É da amizade

 

Ela não tem pressa, nem tem hora pra chegar

Até mesmo os bichos, e as flores vão te dar

É só repartir esse amor que faz viver

Você e eu, eu e você

 

Você e eu, eu e você

Você e eu, você e eu

Eu e você, eu e você

Amigos pra valer, você e eu

Gaguejei

 

Ga-ga-ga-ga-ga-ga-gaguejei

Na-na-na-na hora de falar

Qua-qua-qua-qua quase que eu falei

Mas ca-ca-co como evitar

 

Não, não, não sei o que acontece na boca

Quan-quan-quando eu vejo aquela menina

Parece que ela fica louca

E tre-treme que nem gelatina

 

Ga-ga-ga-ga-ga-ga-gaguejei

Na-na-na-na hora de falar

Qua-qua-qua-qua quase que eu falei

Mas ca-ca-co como evitar

 

Não, não, não sei o que acontece comigo

Quan-quan-quando eu vejo aquele gatinho

Quero falar mas não consigo

E ele pensa que é gago, sózinho

 

Ga-ga-ga-ga-ga-ga-gaguejei

Na-na-na-na hora de falar

Qua-qua-qua-qua quase que eu falei

Mas ca-ca-co como evitar


Clique para ampliar

Clique para ampliar