Archive for the ‘Discurso de aniversário’ Category

Discurso de aniversário

sexta-feira, Março 4th, 2016

O aniversários são sempre bons: as estatísticas mostram que aqueles que mais aniversariam vivem mais! Porem, os aniversários denunciam que você está ficando velho quando as velas custam mais caro que o bolo!

E você percebe que para sempre não é tanto tempo quanto costumava ser…

Pensando bem, envelhecer não é tão ruim se a gente considerar a alternativa possível. É o preço que temos que pagar se quisermos continuar vivos, e todo mundo é capaz de envelhecer; basta viver o suficiente pra chegar lá.

A velhice tem suas vantagens, claro! Só falta descobrir quais são!  E a juventude é um defeito, de que, nos curamos um pouco cedo demais. Portanto jovens, não se preocupem, nem com a meia idade. Vocês vão superá-la!

Permanecer parcialmente uma criança  é o que realmente interessa, isso é amadurecer!  Triste é o homem em que nada fica de menino. Isso não é olhar pra trás nem ser pessimista. Pessimista é outra coisa: é aquele cara que acha que a luz no fim do tunel pode ser um trem se aproximando! Ou a pessoa que reclama do barulho quando a oportunidade bate a porta!

Ser pessimista tem sua vantagem: ou você está certo ou você fica agradavelmente surpreso!

É  bom que os pessimistas existam, sabe porque? Você pode pedir dinheiro pra eles que eles não esperam  receber de  volta…

Deixemos os pessimistas do outro lado da moeda: eu por exemplo, sou otimista, mas um otimista de guarda-chuva! Afinal o otimismo é a fé em ação! É aquele que acredita que o que está pra acontecer, será adiado!

O pessimista diz do otimista: – Voce não sabe o que te espera! Ele acha que é muito melhor ser pessimista do que otimista, porque o pessimista fica feliz quando acerta e quando erra.

As diferenças entre os dois são curiosas:

– O pessimista transforma desafios em problemas. O otimista transforma problemas em desafios.

– O pessimista vê a dificuldade em cada oportunidade. O otimista, a oportunidade em cada dificuldade.

– O otimista diz que vivemos no melhor de todos os mundos. O pessimista teme que isso seja verdade!

Diante dessas reflexões, encerro meu discurso de aniversário com muito otimismo; aliás, não me parece muito útil ser outra coisa! Assim, afirmo que pretendo viver para sempre!

Até agora, tudo bem!

Uma coisa é certa: viverei para sempre ou morrerei tentando!

P.S.: Esse discurso foi construído com base em diversas frases geniais colhidas no jardim da jornada.