Adivinha

Esta composição datada de outubro 1986, e, a partir desta postagem, passa a ser dedicada a nossos irmãos Eric Garner e George Floyd.
Que ela possa contribuir com mais amor à nossa humanidade, como um sopro do ar que lhes foi brutalmente negado.

Rascunho por Edgard Poças para CBS.

Adivinha
Tem na terra e tem no mar
Tem no tempo, tem no vento
Tenta adivinhar
 
Tem na luz, tem no som, no céu, no ar
Tem que ter e não pode faltar
 
Adivinha
Tem nas flores e no luar
Tem nos bichos, tem nas cores
Tenta adivinhar
 
Tem na voz, nas canções
Todo lugar tem que ter, e não pode faltar
 
Um coração, quando tem
Tanto faz ele é branco, ele é preto
Vive em paz
 
Um coração que não tem
Tanto faz se ele é branco, ou se ele é preto
Nem é mais um coração
 
Adivinha
Tá na cara e no olhar
Tem no riso, e um sorriso pode revelar
 
É assim, faz sorrir e faz chorar, mas
Tem que ter, e não pode faltar
 
Um coração, quando tem
Tanto faz ele é branco, ele é preto
Vive em paz
 
Um coração que não tem
Tanto faz ele é branco, ele é preto
Nem é mais um coração
Adivinha
Tem na terra e tem no mar
Tem no tempo, tem no vento
Tenta adivinhar
 
Tem na luz, tem no som, no céu, no ar
Tem que ter e não pode faltar
 
Adivinha
Tem nas flores e no luar
Tem nos bichos, tem nas cores
Tenta adivinhar
 
Tem na voz, nas canções
Todo lugar tem que ter, e não pode faltar
 
Um coração, quando tem
Tanto faz ele é branco, ele é preto
Vive em paz
 
Um coração que não tem
Tanto faz se ele é branco, ou se ele é preto
Nem é mais um coração
 
Adivinha
Tá na cara e no olhar
Tem no riso, e um sorriso pode revelar
 
É assim, faz sorrir e faz chorar, mas
Tem que ter, e não pode faltar
 
Um coração, quando tem
Tanto faz ele é branco, ele é preto
Vive em paz
 
Um coração que não tem
Tanto faz ele é branco, ele é preto
Nem é mais um coração

Adivina! Jairzinho & Simony e José Luiz Perales

Adivina esta en la tierra y en el mar
En el tiempo, en el viento intenta adivinar
En el sol, en su luz lo encontraras
Siempre esta y no puede faltar

Adivina esta en las flores, en el cantar
En los rios, en la luna intenta adivinar
En la voz, la oracion lo encontraras
Siempre esta y no puede faltar

Es el amor que en la vida nos da
La razon para vivir y soñar
Es el amor que en la vida nos da
La razon para vivir y soñar
Es el amor

Adivina esta en la cara y en tu mirar
En la risa y es sonrisa para alegrar
Y tambien sin querer hace llorar
Mas siempre esta y no puede faltar

Es el amor que en la vida nos da
La razon para vivir y soñar
Es el amor que en la vida nos da
La razon para vivir y soñar

Es el amor que en la vida nos da
La razon para vivir y soñar
Es el amor que en la vida nos da
La razon para vivir y soñar
Es el amor que en la vida nos da
La razon para vivir y soñar
Es el amor

Es el amor que en la vida nos da
La razon para vivir y soñar
Es el amor que en la vida nos da
La razon para vivir y soñar
Es el amor que en la vida nos da
La razon para vivir y soñar
Es el amor que en la vida nos da
La razon para vivir y soñar

Guess What

Guess what
There's on land and there's at sea
There's time, there's wind
Try to guess
 
There's in the light, there's in the sound, in the sky, 
in the air
Must have and can not miss
 
Guess what
It has flowers and moonlight
There are animals, there are colors
Try to guess
 
There's in the voice, in the songs
Every place has to have, and can not miss
 
A heart, when it has
Whatever he is white, he is black
Live in peace
 
A heart that doesn't have
It doesn't matter if he is white, or if he is black
It's not even a heart anymore
 
Guess what
'It's in the face and in the eyes
There's laughter, and a smile can reveal
 
It's like that, it makes you smile and makes you cry, but
Must have, and must not be missing
 
A heart, when it has
Whatever he is white, he is black
Live in peace
 
A heart that doesn't have
Whatever he is white, he is black
It's not even a heart anymore

This composition dated October 1986, and, starting with this post, is dedicated to our brothers Eric Garner and George Floyd. May she contribute with more love to our humanity, like a breath of air that has been brutally denied.

Leave a Reply